Notícias

Ministro confirma nome de Decio Oddone para assumir ANP

25 de outubro de 2016


RIO ­ O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, anunciou que será enviada à Casa Civil nesta segundafeira a indicação do novo diretor­geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O indicado é Decio Oddone, como antecipou o GLOBO. Ele é ex­funcionário da Petrobras e hoje está na diretoria de Oleo e Gás da Prumo (ex­LLX, que pertencia ao grupo de Eike Batista).

— Vamos encaminhar hoje o nome à Casa Civil. É um profissional que vai nos auxiliar nessa missão de poder ajudar a indústria de petróleo, mas sobretudo o país. Temos um longo caminho a percorrer, mas o governo brasileiro deu o primeiro passo — disse o ministro, na abertura da Rio Oil & Gas, no Riocentro.

Oddone vai substituir Magda Chambriard, que deixa o cargo no próximo dia 4. Com a nomeação, o presidente Michel Temer quer dar sinalizações positivas ao setor de petróleo e gás, uma vez que Oddone é visto com um profissional mais amigável ao setor do que Magda.

Atual diretor de Óleo e Gás da Prumo, empresa de logística criada por Eike, Oddone já ocupou a cadeira de vice-presidente da Braskem. Ele esteve na companhia petroquímica por indicação da sócia Petrobras, onde, anteriormente, fez carreira internacional.

A nomeação de Oddone para comandar a ANP foi comemorada pelo mercado de óleo e gás.

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, elogiou o profissional. Segundo ele, Decio tem conhecimento profundo do setor, tanto do lado da estatal quanto de empresas privadas.

— Ele tem uma experiência empresarial dentro e fora da Petrobras. E isso é importante para quem vai ser regulador, pois ele conhece bem.

João Carlos De Luca, presidente da Barra Energia, disse que o executivo tem vasta experiência no setor e vai conseguir ajudar na atração de investimentos, hoje a principal demanda da cadeia

De Luca disse ainda que o executivo tem experiência e conhece o ambiente regulatório de vários outros países, como Argentina e Bolívia, onde já comandou as operações da Petrobras.

— Ele começou na Líbia como engenheiro de produção. Já passou pela Petrobras e pela iniciativa privada. É um ótimo nome no momento em que a indústria pede uma melhoria regulatória e mais investimentos. Como ele vem da indústria, conhece as demandas. Ele é pró­business. E o governo captou essa mensagem. O Brasil tem potencial para alavancar investimentos e em 2017 tem espaço para elevar o ambiente de competição — disse De Luca.

Segundo empresários, Oddone terá muitos desafios como regulamentar a nova política de conteúdo local, já que o volume de multas aplicadas à empresa é muito elevado.

— É preciso trabalhar na formatação em que o benefício prevaleça mais que a multa — disse De Luca.

http://oglobo.globo.com/economia/ministro-confirma-nome-de-decio-oddone-para-assumir-anp-20344574

Compartilhamento
Share Button

Outras notícias

Cade condena empresa por formação de cartel no mer... Multa aplicada é de aproximadamente R$ 38,7 milhões por Assessoria de Comunicação Social Publicado: 07/12/2016 20h53 O Tribunal do Conselho ...
Petrobras fecha venda de Liquigás ao Ultra Por Ivo Ribeiro o Stella Após meses de negociações, a Petrobras concluiu o acordo de venda da Liquigás, distribuidora de gás liquefeito de petróleo...

Título Widget

Espaço para seu Widget Inicial

Rua Manoel Passos, 430 - Santa Cruz
CEP 31150-470 - Belo Horizonte | MG

 

Copyright © 2016 - SIRTGAS.

Todos os direitos reservados.